Top5 2012 – Categoria Ninguém Acredita

Chegamos ao nosso último vinho do Top5 de 2012. Essa categoria é uma que eu fiquei pensando durante todo o ano, pois eu queria encontrar algum vinho que fosse realmente surpreendente, mas daqueles que a gente não espera muita coisa e quando bebe, se encanta.

Já aconteceu com você? Se já, você sabe a alegria que é. Se ainda não aconteceu, você pode guardar essa informação e esperar, pois um dia vem o momento mágico.

E para mim, nesse ano, foi durante uma degustação lá na Vinci, com o pessoal do La Spinetta. Estávamos provando os vinhos desse produtor italiano e eu estava contente com os vinhos apresentados. Nada de espetacular, mas vinhos bons e principalmente com preços dentro da média.

Mas de repente me aparecem com uma garrafa Sauvignon Blanc 2004. Sim, em pleno 2012, ou seja, 8 anos depois, vem um Sauvignon Blanc feito no Langhe, que não tem tradição nenhuma com essa uva e ainda me contam que descobriram por acaso uma plantação no meio do campo e resolveram vinificar. Para “piorar”, decidiram mandar para barrica. É, tinha tudo para dar errado mas a impressão acabou assim que levei ao nariz e depois à boca. O vinho é maravilhoso!

A classe, elegância e principalmente por ser inusitado, me deixou encantado. É daqueles vinhos para se apreciar com calma, tentando entender o que ele tem a oferecer. Eu obviamente escrevi sobre ele e você pode ver no post Langhe Sauvignon Blanc La Spinetta – um vinho muito diferente e que não consigo esquecer.

Bebi esse vinho em Maio/2012 e fiquei com ele na cabeça até hoje. Não é barato, mas garanto que vale a experiência. Se provar, me conte.

E com isso fechamos o Top5 de 2012. Espero que tenham gostado e com certeza em 2013 tem mais.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>