Tenute Rubino Oltremé 2010

mieira_header

Esse foi um vinho que eu provei no meu último dia de viagem ao Sul da Itália, quando estava em Lecce. Aliás, se você for à Puglia, não deixe de visitar essa cidade, que é realmente uma das mais interessantes de toda a região.

Como “prêmio” da viagem, o jantar seria livre de escolhas, ou seja, cada um poderia pedir o que quisesse (em geral temos um cardápio fechado) e eu, apesar de não ser um grande fã de carnes, resolvi pedir uma, pois até então não tinha provado nenhuma durante toda a viagem.

Rubino_OltremeA escolha do prato também foi por conta desse vinho, o Tenute Rubino Oltremé 2010, vinho feito 100% com a uva Sussumaniello, uma variedade que eu ainda não conhecia, que é autóctone da região e que me conquistou.

O vinho tem muito aroma de fruta negra e na boca muito tanino, intenso e quase pesado. É um vinho que tem também um álcool um pouco aparente e tudo isso somado é quase como um grito por comida. Precisa de algo à altura de peso, ou seja, uma carne bem estruturada. Pensei na hora em um ossobuco ou algo parecido.

A minha carne era um t-bone e não aguentou a força do vinho, só para ter uma idéia. Então se você se deparar com um vinho feito com Sussumaniello, não pense duas vezes: escolha algo forte para acompanhar. Veja mais sobre o vinho no site do produtor.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>