Santa Carolina Reserva de Familia Carmenere 2009

santa_carolina

Acho que uma das uvas mais difíceis de se ver aqui é a Carmenere. Talvez há alguns anos eu bebesse mais Carmeneres, mas hoje em dia é bem raro. É gosto mesmo. A maioria dos vinhos feitos com essa uva, principalmente no Chile, são muito doces para mim, com aquele aroma de goiabada que me enjoa rapidamente.

Como gosto é gosto, não tem certo nem errado. Tenho amigos que adoram carmenere e que provavelmente não devem gostar de alguma que eu goste (certamente o meu interesse pelos vinhos naturais vai ser o ponto fraco). Tudo bem, afinal de contas, dizem que essa é a beleza.

santa_carolina_Reserva_familia_carmenereMas tem alguns dessa casta que me agradam. Em geral são os tops, que custam muito caro e que não me encorajam comprar, mas esse, o Santa Carolina Reserva de Familia Carmenere 2009, é um que tem bom preço e boa qualidade.

Antes de mais nada, a semelhança com os reservados é só no nome e claro, são da mesma vinícola. O resto é bem diferente. Esse é um vinho encorpado, potente, que dá para guardar uns bons anos (esse meu eu abri em 2014 e estava super jovem ainda) e nos aromas lembra muito mais as frutas negras e bastante madeira e tabaco.

Eu tinha ganhado esse vinho e deixei ele descansando mais de um ano (sim, por conta da minha pouca animação com a uva) e resolvi abrir para acompanhar um creme de cabotiá, que também é adocicado. Arrisquei e deu certo, por mais estranho que pudesse parecer.

Então se você curte Carmenere, talvez queira conhecer esse. Eu diria até que é um upgrade de qualidade e você vai poder ver que a Santa Carolina não é só Reservado (aliás, eles fazem grandes vinhos). Custa menos de R$ 70,00. Veja todos os vinhos da Santa Carolina no site deles. A importação no Brasil é feita pela Casa Flora.

Um abraço

Daniel Perches

 

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>