Salton Volpi Pinot Noir 2012

Grande Fachada Festiva - Alfredo Volpi

Sempre que eu bebo o Salton Volpi Pinot Noir eu me lembro de uma história que se passou em uma degustação às cegas na ABS (Associação Brasileira de Sommeliers) de São Paulo, já há alguns anos. Como acontece semanalmente, por lá eles fazem uma degustação, que pode ser temática, às cegas, vertical, enfim, de todos os tipos.

E certa vez teve uma de Pinot Noir. Os diretores da associação decidiram então fazer às cegas, já que todos sabiam qual era a uva, nós teríamos só que descobrir as características de cada vinho e também dizer qual gostávamos mais (ou menos). E assim foi, com uns 5 vinhos. Provamos todos e depois começamos a eleger os favoritos.

Salton Volpi Pinot NoirDepois de todos votarem – abertamente, diga-se de passagem – revelaram os rótulos e o Salton Volpi, que era o mais barato do painel, ficou em segundo lugar. E o que aconteceu segundos depois da revelação foi no mínimo curioso, pois vi vários senhores “entendidos do assunto” transtornados porque não achavam possível terem preferido um vinho brasileiro – e barato – a vinhos caros e renomados.

Então se você quer ficar bebendo rótulos, gastando fortunas em vinhos para mostrar para os amigos o quanto você é “entendido” no assunto, fique à vontade. Aliás, aqui no blog mesmo tem dicas de vinhos bem caros, e bons, obviamente.

Mas se você também gosta de beber vinho bom e barato, fica a dica do Salton Volpi Pinot Noir. Aromas leves de frutas, fácil de beber, com acidez bem controlada, daqueles que dá até para gelar um pouquinho mais na hora de servir. Se comprar da vinícola (que vende caixa de 6 unidades) vai pagar R$ 150,00, mas no mercado deve estar em torno de R$ 30,00 e é muito fácil de encontrar.

Depois me conte se a garrafa não acabou rapidinho. A última que eu bebi foi numa velocidade incrível e todos ficaram satisfeitos.

Um abraço

Daniel Perches

 

* Imagem de destaque: Obra Grande Fachada Festiva – Alfredo Volpi

You Might Also Like

5 Comentários

  1. 1

    A Salton realmente tem opções bem interessantes abaixo de R$30. A linha Volpi e a linha Classic sempre fazem bonito considerando o preço cobrado por garrafa!

  2. 2

    Bebi este vinho e detestei. A madeira aparece e é enjoativo. Ele e o tal Valduga Identidade, que tanta gente falou bem, são bem ruins.

  3. 3
  4. 4

    Daniel, caro, em primeiro lugar, parabéns pelo site. Em minha busca por vinhos nacionais, meu hobby predileto, seu site acabou se tornando uma (excelente) referência. Sempre que testo um novo rótulo, venho aqui: “será que o Vinhos de Cortes já opinou sobre?”. Assim, neste momento, estou no exato exercício de provar o Salton Volpi Pinot Noir. Concordo totalmente com sua opinião – incluindo a observação de baixar um tantinho a temperatura… Um vinho corretíssimo; leveza esperada; numa faixa de preço totalmente razoável; taninos/acidez controlados; fácil, fácil (no melhor dos sentidos que podemos querer nesse verão paulistano). Saúde! (Ah, sim, a garrafa deve acabar beeeeem rapidamente… Rs.)

  5. 5

    Renato
    Obrigado pelas visitas e por compartilhar seus comentários. Se tiver dicas de outros vinhos bons (e especialmente se forem baratos), manda para mim.
    Abraços

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>