Salentein – provando nova safra

Ja estive na Salentein pelo menos 2 vezes (veja as outras visitas, inclusive com vídeo aqui). A bodega é grande, muito bem construída e muito bonita. É possível fazer visitas turísticas e conhecer a galeria de arte que eles têm por lá, por exemplo. Além disso há um restaurante muito bem conceituado, para que você possa passar algum tempo na Salentein e que esse tempo seja agradável.

Em minha última visita pude provar safras novas de vinhos que eu já conhecia e conhecer alguns novos e continuo com a boa impressão de que a Salentein sempre mantém sua qualidade e é uma vinícola que merece atenção em seus vinhos desde os mais básicos até os tops.

Killka Chardonnay 2011
Pensado para ser um Chardonnay jovem. No nariz é bem de um Chardonnay padrão, com abacaxi e frutas tropicais. Na boca tem até um pouco de frescor. Nada muito encantador, mas é um vinho correto.

Salentein Chardonnay 2011
Tem mais toque de madeira, com toques cítricos, menos acidez, final mais marcado e mais longo.

Salentein Pinot Noir 2011
Cor cereja. No nariz é até bem típico, mas na boca falta um pouco de corpo e de final. Tem toques minerais, mas não é tão expressivo.

Portillo Malbec 2011
Malbec para beber sem muito compromisso, tem taninos bem redondos e acidez OK. Um vinho bem feito e barato.

Killka Cabernet Sauvignon 2011
Aromas mais frutados, menos toques de evolução. Na boca é bem fácil de beber. Tem bastante tanino. Fácil de beber.

Salentein Malbec Reserva 2011
No nariz não tem tanta fruta, mas na boca é bem potente.

numina_malbec-merlotNumina Gran Corte 2010
Significa número, essência. Malbec 65%, Cabernet Sauvignon 14%, Merlot 8%, Petit Verdot 8%, Cabernet Franc 5%. Se sente mais complexidade, mas também o verdor do Cabernet Franc, mesmo que tendo pouco no corte. É potente e com bastante acidez. Fica um tempo sendo lembrado.

Primus Malbec 2010
Tem fruta, tem flor, mas tem também um toque balsâmico, na boca é forte, estruturado, com final longo e sem arestas. Não é o meu estilo de Malbec, mas é um bom vinho. Prefiro os Malbecs que seja mais potentes mas que tenham mais fruta.

Espumante Salentein Brut Nature
Chardonnay, Pinot Noir, Pinot Meunier. Aroma bem elegante. Me pareceu que estão ainda testando essa idéia de fazer espumantes, mas acho que tem futuro.

Os vinhos da Salentein são importados pela Zahil no Brasil.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>