Robert Mondavi Private Selection Zinfandel 2011

wine_tasting_header

Eu acabei de voltar de uma viagem à Itália, mais especificamente para a região da Puglia, que é a terra da uva Primitivo. Visitei inclusive a cidade de Manduria, que tem em seus arredores os vinhedos que dão origem aos mais famosos Primitivo di Manduria. E a uva Primitivo, segundo estudiosos, é a mesma que a Zinfandel. Na Itália é Primitivo e nos Estados Unidos é Zinfandel. Simples assim.

Então quando recebi esse Robert Mondavi Private Selection Zinfandel 2011 para provar achei ótimo, pois como estou calibrado com a uva italiana, foi legal fazer a comparação.

Robert_Mondavi_Private_Selection_ZinfandelE como eu esperava, o vinho é muito bem feito e se encaixa no meu critério de “paladar global”, com grandes chances de agradar muita gente. Aromas adocicados de frutas vermelhas com um toque defumado ao fundo e na boca é bem redondo e pronto para beber. Não guardaria nem mais um ano esse vinho. Com certeza o pessoal lá da Robert Mondavi sabe das coisas.

Para comparar esse Zinfandel com os Primitivos que eu bebi por lá na Itália eu diria que os italianos tendem muito mais para os toques herbáceos e têm taninos mais “rústicos”. O Mondavi é mais macio na boca e mais fácil de beber. Por outro lado, os italianos têm uma vocação maior para a gastronomia. E para rebater, com esse californiano não tem perigo de você beber um vinho muito novo ou muito velho. A safra que está no mercado é a que está mais pronta para ser consumida.

Prós e contras de cada um colocados, agora é só escolher o que mais agrada. Ou até pegar vários e fazer uma degustação de Primitivo e Zinfandel. Que tal?

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>