Pouilly-Fuissé Les Birbettes 2011

Chateau_des_rontets_header

Esse é mais um vinho que eu provei na minha viagem em Outubro para a França. Estive em Paris por alguns dias e depois fui para o Viteff, uma feira em Champagne.

Na minha estadia por Paris, fiz minha parada obrigatória na loja Lavinia, que tem uma grande seleção de vinhos e alguns em taça, naquele esquema de Enomatic, que você pode beber 30ml, 60ml ou 120ml. Uma forma boa de se conhecer bons vinhos e provar antes de comprar. Nesse dia mesmo eu estava afim de comprar um Borgonha que eu provei antes e não achei tão legal e desisti (na verdade troquei por outro).

Pouilly-Fuisse_les_birbettes_2011E numa das máquinas estava esse Pouilly-Fuissé Les Birbettes 2011, produzido pelo Château des Rontets. Caso você não esteja familiarizado com o nome Pouilly-Fuissé, essa é uma apelação da Borgonha e os vinhos de lá são feitos com a uva Chardonnay e passam por madeira.

Gostei bastante desse, que apresentou um toque lácteo e mineral ao mesmo tempo, deixando o vinho bem interessante. Por lá eles conseguem fazer algo que me deixa intrigado – e feliz ao mesmo tempo – que é passar os vinhos por barricas e ainda assim manter o frescor e a delicadeza.

Esse vinho é assim! e isso faz com que ele seja muito mais agradável (pelo menos para mim) do que aqueles Chardonnays pesadões. Tem um ótimo final que fica muito tempo. Parece mais pesado no nariz mas na boca tem ótima acidez e frescor. Tudo isso deixa o vinho mais gastronômico, ou seja, mais fácil de combinar com uma quantidade maior de pratos.

Eu nem sou tão fã de Chardonnay, mas esse Pouilly-Fuissé me agradou bastante. Não sei se está no Brasil e não sei o preço. Na Lavinia custava em torno de 48 EUR (se não me engano).

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>