Os bons vinhos da Quinta da Casa Amarela

Em plena loucura da semana de feiras – Encontro de Vinhos OFF, ExpoVinis, Gambero Rosso e muito mais – eu consegui parar um tempo e almoçar com o pessoal da Wine Mundi e da Quinta da Casa Amarela.

A Wine Mundi é a importadora, que eu ainda não conhecia que traz os vinhos dessa Quinta lá do Douro, em Portugal. Conheci a matriarca e seu filho, muito simpáticos e alegres. Pessoal que gosta de viver bem, de uma boa conversa regada a vinho e que não se cansa de brindar. Durante algumas horas, parecia que estávamos em outro mundo, com um clima realmente muito agradável. Segundo Dona Laura, eles querem produzir vinho para aproximar as pessoas, por isso não pensam só no dinheiro que vão ganhar, mas no prazer que vão proporcionar para as pessoas. Belo gesto que provavelmente vem da família, que está no Douro desde 1875. Ou seja, tem muita história para contar.

E claro que esse clima todo foi ajudado pelos bons vinhos que eles fazem. Desde os mais básicos até os mais tops, todos têm uma excelente qualidade dentro de sua proposta.

Veja abaixo um pouco dos vinhos provados.

Casa Amarela Selection 2012
Tem20% passagem por Carvalho. Malvasia fina, Viosinho e Rabigato são as uvas.
Muito fresco e fácil de beber. Parece um Sauvignon Blanc.

casa_amarela_Grande_ReservaQuinta da Casa Amarela DOC 2011 Tinto Colheita
Tem uma joaninha no rótulo. Elas são as predadoras naturais. Comem os insetos que não são bem vindos e por isso a homenagem à grande guerreira e aliada.
Tinta Barroca, Tinta Amarela, Touriga Franca, Tinta Roriz.
Vinho fácil de beber. Para se beber sem compromisso mas com qualidade. Gostei do equilíbrio, sem amargor, sem nada de defeito. Muito bem produzido.

Casa Amarela Selection Km 10
É um vinho que não sai todos os anos. Tem muita Touriga Nacional.  Está entre o Colheita e o Reserva. Potente mas elegante ao mesmo tempo.

Quinta da Casa Amarela Reserva 2011
Este ainda nem está engarrafado, mas será em maio. Foi classificado como Grande Reserva.  Vai ser engarrafado e vem direto para o Brasil. Vai chegar em torno de 200 reais, mas é um grande vinho, com grande potencial de envelhecimento.

Casa Amarela Grande Reserva Elisio 2011
Elisio era o pai de Laura, a matriarca. Tem uma grande complexidade, porque além das frutas tem um floral. Ótimo frescor, muito presente na boca. Já é vendido em premier.

E para encerrar ainda provamos um Porto deles junto com um Branco da Kopke de 20 anos. Com as duas taças, uma ao lado da outra, eu não sabia o que fazer e nem conseguia parar de cheirar, pois realmente estavam fantásticos.

portosQuinta da Casa Amarela Porto Tawny 10 anos
Muita fruta seca e leve toque de vermute. Final fica bem marcado.

Kopke White Port 20 anos
Mais antiga casa de vinho do Porto.
Já tem um álcool bem aparente junto com fruta

E se você for visitá-los poderá participar do “Jogo do Vinho”. Você terá que pegar uma cesta de colher uvas vazia e subir pelas encostas da propriedade e buscar bandeiras para completar fases. Ao voltar, completamente ofegante (a não ser que você seja um maratonista), entenderá um pouco de como é a colheita no Douro, naquelas terras altamente íngremes. Idéia bacana e bem lúdica para mostrar como funciona o processo. Depois, é claro, bebe-se bons vinhos e descansa um pouco.

Para ver mais sobre a Quinta da Casa Amarela acesse o site deles.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

3 Comentários

  1. 1

    Eu e minha esposa estivemos visitando a Quinta da Casa Amarela. Uma agradável surpresa. Simpáticos, nos levaram para conhecer os vinhedos e a história da Casa Amarela. Ficamos encantados e trouxemos um Gran Reserva em garrafa magnum em uma linda caixa comemorativa. O vinho é sensacional. Lamentei muito não encontrar o vinho deles aqui no Brasil, o que acabou de ser resolvido. Agora é esperar ansiosamente o Reserva 2011.

  2. 2

    Oi Rogerio
    Ainda não conheço mas espero conhecer na minha próxima ida a Portugal. Agora já tem no Brasil. É só falar com o Helio da Wine Mundi e comprar.
    Abraços e boa degustação. Essa Magnum deve estar bem bacana mesmo.
    Daniel

  3. 3

    Fui a uma degustação na ABS-Rio e tive o prazer de degusta-los. A degustação foi apresentada pela “Matriarca” e contamos com a presença de seu filho também, ambos super simpátios.
    Resalto o Quinta da Casa Amarela Porto Reserva Tinto, que pude experimentar com um pedaço de chocolate que um cloga tinha em sua mochila. O resultado da sugestão feita de experiemntar com chocolate foi uma explosão na boca, fui arrebatado pela combinação. Pena que não sobrou nada na garrafa, foi somente o suficiente para degustar.
    Podemos encontrar a linha Quinta da Casa Amarela no site http://www.saborevinhos.com.br

    Espero um dia poder conhecer a vinícola.

    Abraços

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>