O Rio Grande do Sul abrigará o primeiro condomínio residencial vitivinícola do Brasil

Wine-Club-e-Hotel-ao-fundo

Como já acontece em outros países como Argentina e Portugal, agora chega ao Brasil o conceito de Condomínio Residencial Vitivinícola e o primeiro será lançado no Rio Grande do Sul. O Terroir Vinhedos Exclusivos é um projeto da Lex Empreendimentos Imobiliários e da M. Stortti Consultoria e conta com o apoio técnico da Vinícola Geisse. O projeto receberá investimentos de R$ 30 milhões de reais. Numa primeira fase, serão 58 lotes de, em média, mil metros quadrados, e caves próprias para a produção de vinho espumante para cada unidade, que levarão a assinatura do renomado escritório de arquitetura Bórmida y Yanzón, com sede em Mendoza, na Argentina.

O escritório de arquitetura tem à frente Mario Yanzón, reconhecido e premiado por conceber projetos que incluem paisagismo e arquitetura para vinícolas de várias partes do mundo, como o O. Fournier, Vinícola Selentein e Norton, na Argentina. As obras executadas e assinadas pelo escritório, que tem também como sócia a arquiteta Eliana Bórmida, emprestarão ao empreendimento ainda mais requinte. “Convidamos esses profissionais por serem os melhores internacionalmente. Queremos trazer para o Terroir Vinhedos Exclusivos caves com identidade arquitetônica própria, que contribuam para a diferenciação e definição da identidade do projeto”, explica Maurenio Stortti, diretor da M. Stortti Consultoria. “Fomos buscar os melhores profissionais do mundo para integrar o projeto, tanto para o suporte em termos de arquitetura quanto de enologia”, completa.

Nas instalações do empreendimento, haverá também um Hotel Boutique, com 26 unidades habitacionais e ampla infraestrutura de lazer e de serviços à disposição, tanto dos hóspedes quanto dos condôminos proprietários. Além de contar com uma belíssima vista dos vinhedos, os proprietários e visitantes terão, no local, acesso à biblioteca, sala de jogos, sala de cinema, sala de contemplação, academia de ginástica, piscina, sauna, área de massagens, quadras esportivas, um completo playground, entre outros atrativos e serviços.

O Terroir Vinhedos Exclusivos foi concebido nos moldes de empreendimentos internacionais já instalados com sucesso na Argentina e em Portugal. Por aqui, o acesso ao local será pela RS-444 e pela Estrada do Vinho, percorrendo ainda 1,2 km da Linha Graciema, no Vale dos Vinhedos, na Serra Gaúcha, no Rio Grande do Sul.  A região, além de reverenciada pela produção de vinhos e espumantes de qualidade conta com estrutura enoturística. Há várias opções para os amantes da boa gastronomia, além de lindas paisagens. São roteiros conhecidos como: Estrada do Sabor, Rota dos Espumantes e a Rota das Cantinas.

“O diferencial do Terroir Vinhedos Exclusivos é que edificação se faz em qualquer parte do Brasil, agora, vinhedo tem que ser plantado no local correto e de forma adequada”, explica Ivo Siviero Filho, diretor da Lex Empreendimentos Imobiliários. Dessa forma, o executivo acredita que nenhum lugar do País poderia ser mais favorável à implantação do projeto. Maior e mais importante região vinícola do Brasil, de clima temperado e úmido, noites amenas e solo basáltico, a Serra Gaúcha possibilita o cultivo de uvas de qualidade, especialmente para a produção de espumantes com frescor, vivacidade e equilíbrio, reconhecidos mundialmente.

“Estamos propondo um empreendimento que oferecerá a brasileiros de todas as partes do País e investidores internacionais uma experiência singular, pois temos o terroir ideal para entregar aos apaixonados por enologia produtos únicos, com o aval da Família Geisse, reconhecida pelos críticos nacionais e estrangeiros como a melhor produtora de espumantes da América do Sul pelo método tradicional. Serão bebidas exclusivas, produzidas em um local agradável, com infraestrutura completa de lazer e próximo à uma região enoturística”, completa Maurenio Stortti. “Queremos oferecer um empreendimento que proporcione uma experiência positiva a curiosos e amantes da vinicultura, fomentando o turismo e a imagem já consolidada da Serra Gaúcha como maior e mais importante região vinícola do Brasil”, completa.

Vitivinicultura, enoturismo e qualidade de vida

O diferencial do Terroir Vinhedos Exclusivos, sem dúvida, será a produção de espumantes de qualidade, com a personalidade de cada condômino. O projeto contará com vinhedos encostados ao condomínio. Os proprietários dos lotes não comprarão só uma propriedade, mas ingressarão numa experiência única. Poderão contemplar os vinhedos e todo o processo de elaboração dos vinhos desde a plantação.  Cada condômino terá direito a cerca de 600 garrafas de espumantes por ano, com sua própria personalidade. Isso porque a vinificação do produto será feita na Vinícola Geisse, que está dando todo apoio técnico ao projeto, mas o processo final ficará a cargo de cada proprietário.

“Somos os maiores especialistas da América Latina no método tradicional de produção de espumantes. Daremos ao Terroir Vinhedos Exclusivos respaldo técnico, emprestando nossa experiência para acompanhamento dos espumantes produzidos no local”, ressalta Mario Geisse, diretor presidente da Vinícola. O processo terá a seguinte sequência: após a vinificação, o produto voltará para o Condomínio, já engarrafado, onde cada proprietário terá sua cave própria destacada. Ali ocorrerá o processo de segunda fermentação, guarda, envelhecimento, remuage e degorgement. Ou seja, a vinificação (elaboração do vinho base) ocorre nas instalações da vinícola Geisse e o envelhecimento e rotulagem, enfim, o processo final na cave do condomínio, de acordo com o tempo de guarda indicado por cada proprietário.

Segundo o enólogo, o espumante de cada condômino vai ser único, porque cada proprietário vai ter decisão própria sobre processos de envelhecimento (1, 2, 3 anos…), e de dosagem do licor de expedição, proporcionando uma característica única e marca própria a cada produto. Ou seja, num projeto inédito, serão produzidos espumantes personalizados para que os proprietários possam compartilhar com parentes e amigos privilegiados. Segundo os idealizadores do projeto, ainda que a uva venha do mesmo solo, a personalidade do vinho estará atrelada a cada proprietário, e isso será marcante.

Além disso, os condôminos, de forma exclusiva, poderão participar de um curso na Vinícola Geisse e aprender a elaborar espumantes. Serão cursos em que eles conhecerão o processo em todas as suas etapas. “O grande diferencial do empreendimento será a assessoria da Família Geisse para executar a proposta conceitual do projeto. Assim, a expertise no segmento vitivinícola será incorporada à estrutura do condomínio, ficando disponível aos condôminos”, ressalta Maurenio Stortti, diretor da M.Stortti.

Sobre os envolvidos no Projeto:

Vinícola Geisse

A Vinícola Geisse está localizada no Rio Grande do Sul, na região de Pinto Bandeira, na Serra Gaúcha. Seus espumantes tem sido considerado nos últimos anos, pelos principais críticos da atualidade, como os melhores da América do Sul. Adota o método de produção tradicional, mais complexo e capaz de produzir um espumante de qualidade superior, sempre utilizando uvas PinotNoir e Chardonnay. Já ganhou distinções em concursos internacionais, alguns realizados inclusive na França, berço do Champagne.

A famosa crítica inglesa, Jancis Robinson, elegeu Cave Geisse Brut como o único espumante do mundo em sua lista de 15 vinhos recomendados na edição de 2011 da Wine Future, em Hong Kong, colocando, assim, o nome da casa produtora brasileira nas alturas.

 

Mario Geisse

Mario Geisse, diretor presidente da Vinícola Geisse, enólogo e engenheiro agrônomo chileno, veio ao Brasil em 1976 contratado para dirigir a filial da Moët&Chandon. Sua carreira iniciou no ano de 1971, quando era enólogo de diferentes empresas vinícolas no Chile. No ano de 1979, funda a então Vinícola Geisse, na região de Pinto Bandeira, no Rio Grande do Sul, onde inicia sua produção de espumantes pelo método tradicional, hoje reconhecidos nacional e internacionalmente. Recebeu, em 1990 o Prêmio ao Mérito Vitivinícola Nacional do Chile e, em 2010, foi outorgado pela Associação de Jornalistas do Chile como enólogo do ano. Mario Geisse também atua como assessor em vinícolas do Chile, Argentina e Uruguai e, atualmente, é diretor técnico na Viña Casa Silva no Chile. É reconhecido como um dos melhores enólogos do mundo em razão do seu trabalho e foi homenageado com o prêmio Vitis 2013, pela Associação Brasileira de Enologia (ABE) pela sua trajetória e seu aporte à evolução da vitivinicultura no Brasil.

 

Estúdio Bórmida & Yanzón

O estúdio de arquitetura Bórmida & Yanzón, sediado em Mendoza, Argentina, é especializado em projetos voltados a vinícolas desde 1988. São obras amplamente difundidas e premiadas internacionalmente, como O. Fournier, Vinícola Selentein e Norton, que incluem a parte de arquitetura e paisagismo. O estúdio é liderado por Mario Yanzón, sócio e professor titular de Paisagismo da Universidade de Mendoza, e pela arquiteta e professora emérita de História de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de Mendoza, Eliana Bórmida. As obras dos profissionais partem de um conceito integrador entre a arquitetura e o contexto onde as vinícolas estão alocadas, preservando a identidade das regiões sem prescindir de modernidade

 

Lex Empreendimentos Imobiliários

Sediada em Bento Gonçalves, a LEX Empreendimentos Imobiliários vem projetando e implantando loteamentos e condomínios na Serra Gaúcha e em outros municípios do Estado desde 1980. São cerca de dez mil terrenos entregues pela empresa, hoje uma das mais reconhecidas urbanizadoras do Rio Grande do Sul.

 

M.Stortti Business Consulting Group

Empresa multidisciplinar composta por advogados, arquitetos, pesquisadores e economistas. À empresa caberá a apresentação do projeto arquitetônico, assessoramento comercial e jurídico, estruturação financeira e modelo de captação de recursos do empreendimento. A M.Stortti tem no seu curriculum projetos como hotéis em aeroportos (Santos Dumont- RJ, Confins – MG e Vitória- ES), planos de negócio do Trem do Corcovado, no Rio de Janeiro, Expointer (Exposição Internacional de Animais, Máquinas, Implementos e Produtos Agropecuários) e Cais Mauá, no píer de Porto Alegre, ambos   no Rio Grande do Sul, entre outros.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>