Novidades da Zuccardi estão chegando no Brasil

zuccardi_copas

Estive com José Alberto Zuccardi, grande figura dos vinhos que levam seu nome e, na minha opinião, grande nome dos vinhos argentinos. Esse é um dos caras que podemos chamar de “Divulgador dos vinhos Argentinos”. Sempre alegre, animado e com muita paixão ao falar de seus vinhos, José Alberto é daqueles caras que é difícil de não gostar.

E ele veio para apresentar algumas de suas novidades que chegaram no Brasil. Provamos vários vinhos e alguns me chamaram a atenção. Como já é marca da casa, fazem vinhos estruturados, com caráter e para realmente não passar despercebidos. Aliás, uma das coisas interessantes que ele nos contou foi que seu filho Sebastián, que está atualmente a cargo da enologia da casa, está fazendo um belo trabalho em busca dos terroires na Argentina. Provamos também dois vinhos recém-produzidos e que ainda nem chegaram no Brasil (mas que já ganharam grandes pontuações do Robert Parker) e vi que a família Zuccardi realmente não está para brincadeira.

brazos_de_los_andesUm dos vinhos interessantes do dia foi o Brazos de los Andes, um corte de 45% Malbec, 28% Cabernet Sauvignon, 17% Syrah e 10% Bonarda, que me pareceu bem equilibrado e muito bacana para acompanhar muitos tipos de comidas. O corte deve ter favorecido essa suavidade e o vinho ficou intenso, mas ao mesmo tempo chamando para o próximo gole. É um que vale muito a pena provar (e seu rótulo é muito bacana).

tito_zuccardiOutro que eu curti muito foi o Tito Zuccardi La Consulta 2010, um vinho feito em homenagem ao pai do José Alberto. 83% Malbec, 10% Cabernet Sauvignon e 7% Caladoc de La Consulta. Já que eles já tinham feito o Emma, em homenagem à mãe dele, nada mais justo do que homenagear também o pai. O resultado é um vinho intenso e potente, que precisa de pelo menos uma meia hora para começar a se mostrar, mas depois vem uma explosão de aromas e sabores que vale a pena.

Outros vinhos bem bacanas são o Aluvional, um Malbec de La Consulta para ninguém botar defeito (OK, talvez o preço) e dois vinhos que receberam belas notas do Parker: Finca los Membrillos e o Finca Piedra Infinita, que como podem ver na imagem abaixo, agradaram o rei dos críticos.

Robert Parker-2014

Para mim, Zuccardi continua sendo referência em vinhos argentinos. Dos vinhos de entrada aos ícones, os caras conseguem fazer produções fantásticas. Só nos resta dar os parabéns e beber (cada um de acordo com o seu bolso).

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>