.Nero Blanc de Blancs Golden Conceptual Edition

nero_gold_header

Em tempos em que todas as opiniões emitidas recebem críticas de todos os lados e o que não falta são moralistas de todos os tipos, dá até um pouco de medo de falar a verdade e ser bem sincero, mas vamos lá: eu sempre tive dificuldade de perceber a “grande qualidade dos espumantes blanc de blancs”.

Certo, se você não sabe o que é Blanc de Blancs, é simplesmente o espumante feito 100% com Chardonnay. Adorado por muitos, venerado por outros tantos, esse estilo é, para muitos produtores, fonte de boa renda. Já estive em degustações que o Blanc de Blancs custava mais caro que alguns tops da vinícola.

.Nero Blanc de Blancs Golden Conceptual EditionBem, depois desse desabafo, vem a minha alegria ao provar esse .Nero Blanc de Blancs Golden Conceptual Edition, que apesar do nome em inglês, é feito pela vinícola Domno, lá no sul do Brasil.

De cara, ao cheirar o vinho, senti que era bem legal. Aromas complexos, visual bacana (a começar pela garrafa, toda trabalhada) e na boca então, um show. É daqueles espumantes que eu tenho vontade de beber devagarinho, apreciando, esperando que a garrafa nunca acabe. Fiz ela render bastante e provei com vários pratos e realmente é um bom companheiro para vários pratos, desde entradas leves até uma massa recheada com passas, nozes e ricota e molho branco. Só não deu tempo de provar com a sobremesa, porque isso já seria demais.

Pelo que vi, deve ser uma edição limitada, então se você encontrar por aí, vale a pena comprar e experimentar.  Aliás, vale a pena prestar atenção à Domno, que começou como produtora de vinhos e agora é importadora também. Os caras não brincam e trazem sempre vinhos bons e baratos, de vários países.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>