Monte da Ravasqueira Tinto 2010

Já falei aqui sobre alguns vinhos do Monte da Ravasqueira, que é uma vinícola que fica no Alentejo e tem vinhos que eu gostei bastante. A Vinci, importadora que traz os vinhos deles fez uma seleção legal, onde tem desde uns mais baratos como o Calantica Tinto 2010, uma excelente compra por 15 dolares, até um branco top como o Flavours Viognier 2010.

Mas no meio dessa escala tem o Monte da Ravasqueira Tinto, que é um vinho que custa em torno de 60 reais e é também um que merece atenção. Esse é feito com Syrah, Alicante Bouschet, Touriga Nacional, Aragonez (ou Tempranillo), Trincadeira e um pouquinho de Petit Verdot. Uma mistura que deu um vinho muito legal.

O Monte da Ravasqueira é daqueles vinhos bem aromáticos, mas que se você deixar um pouco na taça (ou até a garrafa aberta), com um pouco de tempo ele vai evoluir e ficar ainda melhor, mostrando aromas mais terciários e evoluídos, como um leve esfumaçado e toques de chocolate.

Na boca é um vinho ainda jovem, que tem taninos bem presentes e você vai sentir isso facilmente, junto com a acidez que vai “amarrar a sua boca” um pouco. Fique tranquilo, porque com uma boa comida, isso não só vai sumir como vai ficar ainda mais interessante.

É, fiquei fã da Monte da Ravasqueira. E se você gosta também de cavalos, agende-se para uma visita à vinícola em sua próxima ida a Portugual. Eles são criadores de equinos e pelo jeito a qualidade não se aplica só nos vinhos. Veja um pouco sobre o Monte da Ravasqueira no site deles.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Um comentário

  1. 1

    Antes de se tornar vinícola a Fazenda Monte da Ravasqueira era um haras de criação de cavalos, mas após a venda a fazenda passou por mudanças e transformando-se em vinícola e todas suas dependências foram adaptadas para o que é hoje. Não há mais criação de cavalos, somente um restaurante.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>