Monte Cinco Petit Verdot 2007

Monte Cinco Petit Verdot Header

Sabe aquela história de que a gente escolhe o vinho pelo rótulo? E que um bom rótulo chama a atenção e pode vender? Pois é, se é verdade ou não eu não sei, mas comigo funciona. Foi assim que eu comprei esse Monte Cinco Petit Verdot, em uma viagem à Argentina. Eu estava de passagem por Buenos Aires (pois iria para Mendoza depois) e fui em uma loja ver algumas coisas. A idéia, como sempre, era encontrar alguns Malbecs diferentes, de preferência que não tenham importador ainda no Brasil. Eu estava já com o carrinho cheio até que o dono da loja vem e me mostra esse vinho.

É claro que o fato de ele ser feito com Petit Verdot me chamou a atenção também, afinal de contas é uma uva diferente, que não é fácil de encontrar um vinho feito só com ela. Em geral é usada para cortes. Aí juntou essa questão com um rótulo verde chamativo como esse, eu não tive dúvidas. Troquei um Malbec por ele.

Monte Cinco Petit Verdot 2007O Monte Cinco ficou na minha adega por um bom tempo até que eu tivesse a oportunidade de abri-lo. Fiz um ragú com polenta (sim, foi possível fazer isso em Novembro, pois o calor deu uma trégua) e ele foi o escolhido. E acho que abri na hora certa, porque o vinho tinha grandes aromas já bem evoluídos, mesclando chocolate, tabaco, frutas negras, mas na boca já estava um pouco “fraco”. Eu achava que era um vinho que daria para guardar por muito tempo, mas acho que me enganei. Devo ter ficado impressionado com o rótulo. :)

De qualquer forma gostei bastante do vinho e com certeza compraria novamente, mas de uma safra mais jovem. #ficaadica

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>