Mini-vertical de Haut Saric. Boa proposta do Clube W

Eu estou sempre de olho nos clubes de vinhos. Acho que alguns têm se diferenciado e feito coisas legais, trazendo realmente benefícios para os sócios. E eu faço isso porque eu gosto de me associar a um clube e ter uma seleção mensal, pensada por alguém com algum propósito, mas nem sempre é fácil. Muitas vezes os clubes passam a mandar vinhos de qualidade inferior, ou até mesmo vinhos que são “comuns”.

E uma ação legal foi a do Clube W, da Wine.com.br. Em janeiro o pessoal mandou uma “mini-vertical” do Chateau Haut Saric, com as safras de 2010 e 2011. Assim a gente pode fazer as comparações e entender o que cada safra traz para o vinho, como ele evolui e, claro, escolher o melhor. Mesmo tendo só duas safras, já é uma comparação, pois é o mesmo vinho, da mesma vinícola e o melhor, com a mesma composição de uvas: Merlot (60%) e Cabernet Sauvignon (40%)

haut-saric_2010

O Chateau Haut Saric fica no Gironde e pelo que vi, é uma plantação jovem, o que dá um caráter igual para os vinhos. Essas duas safras, 2010 e 2011 foram boas para a região e esses dois vinhos que eu provei são feitos para que se consuma rapidamente mesmo. Não é um vinho para ficar guardado por anos.

O 2010 me pareceu um pouco estranho, tendo muitas notas vegetais que eu não esperava. Me pareceu que a Cabernet Sauvignon passou por cima da Merlot, tanto no nariz quanto na boca. O final é curto e também um pouco desequilibrado.
Já o 2011 estava bem mais interessante, com aromas mais complexos e também com mais corpo. Isso fez com que, obviamente, eu partisse para beber mais o 2011, que acabou antes.

Independente de ser um melhor que o outro, gostei da proposta da Haut Saric, que pelo jeito tem a intenção de fazer um vinho que reflita a característica da região sem grandes complicações. Dá pra aprender um pouco sobre Bordeaux Superieur com esses vinhos.

E se quiser ver as Notas de Degustação, é só clicar aqui em Chateau Haut Saric Bordeaux Superieur 2010Chateau Haut Saric Bordeaux Superieur 2011.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

5 Comentários

  1. 2
  2. 3
  3. 4

    Perdi a oportunidade da vertical porque tomei o 2010 e achei péssimo! rs Aí perdi a coragem de abrir o 2011.

    Tinha pensando em esquecer o 2011 na adega por alguns meses, abrir no final do ano pra ver se o tempo traria algum benefício. Tinha medo de ser igual ao 2010.

    Mas depois do seu post fiquei um pouco mais animado em relação a ele. Vou antecipar o abate!

  4. 5

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>