Merced del Estero, uma vinícola pequena no distante vale de San Juán, Mendoza

Como sempre comento por aqui, gosto muito de Mendoza. Já estive algumas vezes por lá e por mais que eu conheça, ainda há muito o que visitar e aprender. E em minha última viagem, em fevereiro/2013, estive no Vale de San Juán pela primeira vez. San Juán fica a mais ou menos 2 horas e meia do centro de Mendoza e não tem muitas vinícolas para se visitar por lá, mas sem dúvida é um lugar interessante, onde tive a sensação de ser ainda mais seco e quente. E foi lá também que pude comprovar novamente, ao visitar os vinhedos, debaixo de um sol escaldante, que por mais que o corpo estivesse quente, não pingava uma gota de suor. Isso, com certeza, é por conta do clima muito seco. Se você for para lá, faça o teste (mas recomendo fortemente usar protetor solar, se não quiser virar um pimentão no dia seguinte).

E como eu não conhecia nada, fui sem grandes expectativas. A primeira vinícola a ser visitada por lá foi a Merced del Estero, muito pequena, familiar, que esta começando a exportar para o Brasil agora. Eles trabalham basicamente com varietais.

Provei alguns deles e os nomes (Mil Vientos) são dados por conta do vento Zonda, que começa no Pacífico e chega em San Juan devagar, aos poucos, por isso parece que são muitos ventos.

Mil Vientos Torrontés 2012
Bastante fruta, sobra um pouco de álcool. Na boca é magro e sobra álcool de novo, mas é bem fresco , com boa acidez.

Mil Vientos Syrah 2010
Bom no nariz, com frutas e pimentos. Na boca é interessante, com taninos bem presentes e final médio. Um vinho para o dia a a dia.

Mil Vientos Malbec 2011
Aromas mais adocicados e com um álcool aparecendo um pouco. Na boca é um pouco magro.

Mil Vientos Cabernet Sauvignon 2011
Nariz com fruta, leve pimentão, leve na boca, fácil de beber, sem grandes complicações. Por ser leve, não enjoa e pode-se harmonizar facilmente com varias comidas.

Mil Vientos Criado em Barrica Cabernet Sauvignon 2010
Aromas legais e típicos da Cabernet, mas na boca é mais estruturado, com um pouco mais de sabores e corpo. Final também mais longo um pouco.

Mil Vientos Criado em Barrica Malbec 2011
Bom no nariz e com toque de barrica na boca, leve defumado, final curto e que vai embora rápido.

Se você estiver preparando uma visita à região de San Juan e quiser ir à Merced del Estero, eles recebem os turistas para uma degustação e visita pela bodega.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>