Masseria L’Astore – Vinhos de Salento

lastore_header

A Masseria L’Astore é uma vinícola em Salento, ao sul da Itália que tem uma história legal. Foi a primeira a comprar uma fazenda completamente abandonada e reconstruir completamente o local, mas preservando as características naturais. A família, que vive lá há algumas décadas, resolveu iniciar as atividades vinícolas e depois atividades de produção de azeite de oliva também.

Os visitantes podem conhecer o local e se agendarem antes, podem fazer tours e refeições por lá (almoços ou jantares), o que me parece bem legal. Infelizmente não tive a oportunidade de visitar a vinícola, mas provei os vinhos e gostei. São vinhos que por lá não têm um preço muito alto, mas têm uma boa qualidade.

Notas de Degustação:

Krita Malvasia Bianca
Krita significa argila e representa o tipo de solo que há por lá. No nariz não é tão doce (o que me faz que pensar que a maioria dos vinhos daquela região são assim). Na boca tem bastante acidez.

Massaro Rosa
Massaro significa fazendeiro. Bem fruta no nariz e na boca é mais seco e com bastante acidez.  Ele engana um pouco, pois parece pelo visual ser leve, mas na boca e mais intenso.
Filimei 2010
100% Negroamaro. Já estão vendendo o 2011. Não mostra muito no nariz e na boca é um pouco tímido, mas talvez precise de tempo aberto e aerando.

Jèma 2011
Primitivo. Muito herbáceo no nariz e na boca até é mais adocicado do que eu esperava, mas para quem gosta de vinhos deste tipo, é uma boa. O álcool aparece um pouco e precisa de um tempinho para sair da taça. É bom deixar descansando um pouco também.

alberelli_2008L’Astore 2009
Aglianico. Aromas ainda fechados e que podem se abrir em alguns anos. Na boca não tem o corpo que eu esperava, mas também não sei se o Aglianico é assim mesmo ou poderia ser melhor. Tem um ataque inicial bem forte quando o vinho sai da boca, mas cai rapidamente.

Alberelli 2008
Negroamaro de um vinhedo que produz muito pouco – 3.000 garrafas. Nariz muito elegante com boas frutas e toques de licor. Na boca é tanino e com toques doces ao mesmo tempo. Bom para beber com uma boa carne. Esse foi um dos meus preferidos da degustação.

Se quiser saber mais sobre a Masseria L’Astore, acesse o site deles aqui.

Um abraço

Daniel Perches

* Viagem a convite da Lufthansa e organizada e guiada por Robertson Wine Tours (veja o tour completo aqui)

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>