Lamothe Vincent Sauvignon Blanc 2012

sauvignon_blanc_header

Sei que a Chardonnay é a uva branca mais plantada e mais consumida no mundo inteiro, mas eu quero fazer aqui uma convocação aos meus amigos leitores: provem mais Sauvignon Blanc!

Essa uva faz vinhos incríveis, com um aromas mais cítricos, de flores brancas e de frutas tropicais. Mas nem é só por isso que eu gosto desses vinhos. Mais do que os aromas e sabores, eles sempre me parecem muito alegres. São vinhos que eu bebo e fico contente. São vinhos para dias quentes, ou para ocasiões alegres, descontraídas.

Chateau_Lamonthe_Vincent_Bordeaux_BlancTudo isso que estou dizendo é generalizado, afinal de contas o mundo do vinho é muito vasto e há vinhos feitos com Sauvignon Blanc que são mais pesadões e pedem também uma comida mais forte e talvez até um pouco mais de tempo para degustar, mas tenho certeza que se você se deparar com um desses Sauvignon Blanc “sérios”, você saberá.

E como gosto muito do tema, sempre que tenho um diferente para abrir, fico bem curioso. Foi o que aconteceu com o Lamothe Vincent Sauvignon Blanc 2012, um vinho feito na região de Bordeaux, que é famosa pelos seus vinhos tintos, mas que também faz vinhos brancos.

E esse, por sinal, é bem legal. Tem todas essas características acima e ainda guardou o frescor por 2 anos (eu abri agora, em 2014). Acompanhou super bem uns petiscos de queijo e no final fiquei só com ele e tive só que tomar cuidado com a quantidade, porque se deixar vai uma boa quantidade e você nem percebe.

Mesmo que você seja fã de Chardonnay, prove um bom Sauvignon Blanc. Vale a pena. Pode ser que um novo mundo se abra.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>