Haut Medoc de Giscours 2008

chateau_giscours_header

Uma das particularidades mais interessantes no mundo do vinho é toda a história que vem atrelada à garrafa, acontecendo na grande maioria das vezes. Quando se fala de Bordeaux então, isso é bem comum. É família que perdeu tudo, família que comprou, mulher que assumiu os vinhedos, filhos que mudaram o estilo, e por aí vai. E quando fui pesquisar sobre esse vinho, o Haut Medoc de Giscours 2008, que eu provei recentemente, encontrei o seguinte:

As primeiras referências à Château Giscours está por volta de 1330, em um documento que se refere a uma torre fortificada. Cocks e Feret, considerado o ” Bíblia de Bordeaux”, menciona que o vinho foi servido para Louis XIV, que disse ter apreciado muito.Teve muitos proprietários e por ter mudado de mãos por tantas vezes Giscours lentamente entrou em declínio. Este período chegou ao fim após a Segunda Guerra Mundial, quando o castelo foi comprado por Nicolas Tari. Em seguida, uma participação maioritária no SAE du Chateau Giscours foi adquirida por Eric Albada Jelgersma, e sua família. Eric Albada Jelgersma agora detém 99,9% das SAE du Chateau Giscours” (retirado do site da Vinos&Vinos).

haut_medoc_giscours_2008Legal conhecer um pouco da história do Chateau. E parece realmente que os caras conseguiram reverter o negócio, pois o vinho é daqueles bem clássicos de Bordeaux (corte de 50% Cabernet Sauvignon e 50% Merlot), com bastante fruta intensa, toques de madeira e defumado bem suaves e um pouco de especiaria para completar.

É um vinho que está pronto para o consumo, mas certamente se for aberto e decantado por algumas horas, pode abrir mais ainda e ficar melhor. Para acompanhar, um bom prato à base de carnes bovinas com um bom tempero vai super bem.

Pela qualidade, tem um preço dentro do mercado. Abaixo de 200 reais.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>