Gran Lovara 2008

lovara_header

Recebi esses vinhos da Lovara para provar e comecei com o Chardonnay, que gostei bastante. É um vinho fresco e leve, sem grande pretensão de ser algo muito complexo e que atendeu muito bem as minhas expectativas.

Depois parti logo para esse Gran Lovara 2008, o vinho top da vinícola, feito com 60% Merlot, 25% Cabernet Sauvignon e 15% Tannat. Se eu fosse fazer o caminho “normal”, teria que provar antes o Cabernet Sauvignon e o Merlot, mas resolvi pular uma etapa e provar o vinho mais top deles.

gran_lovara_2008Eu abri o vinho saí tomando, como faço sempre e achei que ele ainda estava um pouco fechado, sem grandes aromas presentes, mas tudo bem. Imaginei que ele abriria. E abriu. Depois de umas 2 horas mais ou menos o vinho começou a mudar e ficou melhor, com aromas de frutas negras, toques da barrica e um pouco de hortelã (ou alguma erva) vindos ao fundo.

Um vinho legal, que ficou melhor ainda acompanhando uma lasagna à bolognesa. Ele sozinho é interessante, mas percebi que faltava alguma coisa. E descobri quando veio o prato para que eu pudesse provar acompanhando essa massa típica italiana. Assim ele ficou bem melhor e mostrou-se um belo vinho.

A Lovara é uma vinícola pequena e que faz parte do Grupo Miolo. Aqui em São Paulo, quem faz a distribuição é a Cantu.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>