Freixenet e seu Cava Reserva Real

A Freixenet é a maior produtora de CAVA do mundo. Seus espumantes, os “Cava Freixenet” vão para dezenas de países e alegram festas, aniversários, jantares, almoços, eventos e até churrascos (como é o meu caso) no mundo inteiro, todos os dias.

Para mim o mais conhecido é o Cordon Negro, aquela que tem uma garrafa negra e é facilmente encontrado em diversos pontos de venda no Brasil inteiro. Mas eles têm também um rosé e até um Demi-Sec (que é mais adocicada), para agradar a todos.

Mas não contentes com todo esse sucesso, resolveram trazer para o Brasil o Cava Reserva Real, um espumante top da Freixenet. Esse é produzido com as castas típicas para esse tipo de bebida: Macabeo, Xerel-lo e Parellada. 3 uvas, combinadas em diferentes safras, que ficam 30 meses descansando em contato com as leveduras antes de ser liberada para descansar mais um pouco e só depois vai para o mercado.

Seu nome, Reserva Real, vem do fato de que este cava foi feito originalmente para a visita da família real espanhola nas cavas Freixenet. Esse cava recebeu 90 pontos de Robert Parker e merece atenção. Tem complexidade de aromas, toques de fermento e frutas brancas de leve e até algum floral. Na boca me surpreendeu, pois pensei que seria mais “pesado”. Não é. Tem frescor e leveza e acompanhou perfeitamente alguns tapas como bruschettas, lulas grelhadas e principalmente as pataniscas, os tradicionais bolinhos de bacalhau feitos sem a massa de batata.

Como eu disse no dia e posso repetir constantemente: poderia ficar dias só assim.

Quem quiser conhecer o Reserva Real pode buscar com o pessoal da Qualimpor, que está importando a Freixenet no Brasil, ou em breve em empórios especializados. Vai custar em torno de 155 reais.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>