Dominio de Punctum Viognier 2011

Quando comecei o ano de 2013, pensei em dar um foco maior nos vinhos espanhóis. Porque gosto bastante e porque acho que tem regiões que eu poderia explorar melhor, conhecendo mais uvas, mais cortes e até um pouco da culinária regional, para replicar em casa.

Escolhi os espanhóis porque eles têm, em geral, uma ótima qualidade e um preço até acessível, se considerar um vinho vindo da Europa e com um custo não tão baixo mesmo por lá.

punctum_brancoAí recebi a seleção mensal da Winelands, que é o clube de vinhos que eu participo, que para a minha alegria, também escolheu a Espanha neste mês.

Um deles é o Dominio de Punctum Viognier 2011, um vinho branco que eu achei bem interessante, e olha que eu nem sou tão fã de Viognier assim.

O legal e diferente desse vinho é que ele tem um pouco de acidez a mais, deixando-o mais vibrante e a gente com aquela vontade de beber o próximo gole, além de ser orgânico, ou seja, não tem nenhum herbicida, pesticida ou qualquer outra coisa que possa interferir na planta.

No nariz e na boca é um Viognier tradicional, com as notas de aromas herbáceos, fruta um pouco adocicada e na boca é leve.

Mas esse toque de acidez a mais faz com que ele também possa acompanhar pratos até mais picantes, como por exemplo uma salada de camarão com pimenta.

É, a Espanha tem muita coisa legal. Só é preciso descobrir.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>