Degustação vertical do Bad Boy, de Jean-Luc Thunevin, no Bardega

195x299xwine-word-grape-wall-of-china-jean-luc-thunevin-bad-boy.jpg.pagespeed.ic.8V2w5jUefZ

Você conhece o Jean-Luc Thunevin? Esse vinhateiro de Bordeaux gera polêmica por onde passa, não só pela sua carreira pouco convencional entre os produtores tradicionais de Bordeaux – foi DJ, bancário e dono de restaurante na década de oitenta – mas também por seus belos vinhos.

Com uma fama de “garoto malvado”, Thunevin levou com bom humor o termo e resolveu criar o “Bad Boy”; um vinho que traz em seu rótulo uma “ovelha negra” culminando assim seu estilo irreverente. E agora o Bardega traz uma vertical de quatro safras que podem ser provadas em taças, com valores iguais: R$13 a amostra, R$26 meia taça e R$48 a taça completa. As safras são 2007, 2008, 2009 e 2010.


Das safras de Bad Boy:

Uma das vantagens em se provar um mesmo vinho vindo de safras diferentes é notar qual a influência da mesma sobre o estilo do vinho. Embora exista alguns enólogos reticentes devido a interferência humana na vinificação do vinho, no Bad Boy acredita-se que não haja uma diferença muito grande. Embora seja irreverente, Jean-Luc Thunevin é um cético quando se trata de vinificação e como são safras seguidas, é possível perceber a consistência de estilo e qualidade, que é o aspecto mais importante numa vertical.

Sobre cada safra em Bordeaux, o que podemos generalizar:
2007 – no geral, uma boa safra
2008 – altos e baixos; Pauillac e St. Estephe foram os mais afetados. Saint Emilion foi mediana
2009 – Grande safra, com excelente amadurecimento das uvas. Vinhos mais concentrados.
2010 – Outra grande safra, mas no geral com vinhos ligeiramente mais refinados que 2009

 

Para mais informações, acesse o site do Bardega e agende-se.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>