Crognolo IGT 2009

Se tem algo que deixa qualquer amante de vinhos animado é um “bota-fora”. As importadoras costumam fazer isso e eu estou sempre ligado, porque nessas eu consigo coisas bem legais.

E foi nessa liquidação da World Wine que eu comprei esse Crognolo IGT 2009, um vinho da toscana feito com Merlot e Sangiovese pela Tenuta Sette Ponti. Eu estava fazendo a minha cesta de compras e estava praticamente finalizado quando vi esse vinho lá, praticamente pedindo para ser levado. E tenho que admitir que eu nem levaria se não fosse o incentivo do meu amigo Alexandre Frias (www.diariodebaco.com.br). O cara conhece muitos vinhos da Itália e pegou uma garrafa com tanta alegria que eu fui na onda dele.

crognolo_2009O vinho ficou na adega por alguns meses até que chegou a hora dele. Eu poderia até dizer que estava descansando, deixando ele repousar ou coisas do tipo. Na verdade o que aconteceu foi que eu estava esperando a hora certa, só isso. E com uma massa caseira com molho de tomate também caseiro, me pareceu o momento ideal para ele partir para uma harmonização praticamente certeira.

Mas não foi o que aconteceu. Eu subestimei o vinho, pensando que ele já estivesse um pouco mais evoluído e não estava. O vinho é muito potente, com aromas de frutas em compota mesclado com um toque de chocolate, e na boca taninos ainda bem fortes. Passou por cima facilmente da comida, mas me deixou intrigado. Não satisfeito com o meu erro de cálculo, parti para tentar coisas mais fortes. Queijo gruyere não deu certo, porque deixou o vinho amargo. Salame até que foi bem, mas não foi algo espetacular e copa nem se fala. Não deu certo mesmo.

É, o Crognolo precisa de algo mais forte para segurar ele. Acho que uma boa carne (e me veio à cabeça um bolo de carne moída recheado com linguiça calabresa) talvez seja a solução.

Mas eu gostei bastante do Crognolo e pela sua qualidade, achei até o preço interessante. Custa em torno de R$ 150,00 (preço normal) na World Wine.

Se eu comprar outro e conseguir harmonizar, conto aqui.

Um abraço

Daniel Perches

 

You Might Also Like

Um comentário

  1. 1

    Daniel , em nossa confraria , após as degustações programadas sempre temos um jantar. Este vinho harmonizou muito bem com um neck de cordeiro com especiarias e polenta.
    Abs

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>