Chiara Rosé Monferrato 2010 – salvou o meio da semana

Era uma quarta-feira e eu tive um dia cheio. Cheio de coisas boas, é verdade, mas daqueles que você não pára um minuto. Aí cheguei em casa por volta das 20h, naquela pilha toda, já pensando em tudo o que eu tinha para fazer ainda naquele final de dia. E foi aí que, ao entrar em casa e respirar um pouco, lembrei do meu vinho rosé que eu tinha colocado na geladeira para o final de semana.

Talvez tenha havido um meio segundo de hesitação, que se foi esse tempo todo, foi muito. Abri o Chiara Rosé 2010, um vinho italiano do Piemonte, feito com a uva Barbera e mandei bala. Vinho, petiscos (sementes e queijos) e um pouquinho de trabalho. Tudo ficou numa harmonia que dava gosto. O vinho é leve, daqueles que você vai bebendo sem perceber – tá, só isso é que temos que tomar um pouco de cuidado, mas como eu estava em casa, não tinha problema – porque tem uma boa acidez, boa fruta, lembrando bastante morango e uma corzinha de salmão, levinha, que faz a gente beber feliz.

Fico muito feliz quando consigo uma boa combinação como essa. Me faz ter mais certeza de que o vinho deve ser bebido de forma leve, fácil e fazendo parte de nosso dia-a-dia, e não sendo um ritual somente para os Iniciados (e a letra maiúscula aqui é só para enfatizar, pois não representa nenhum respeito).

Dos poucos rosés que eu já provei, esse fica na minha lista dos bons. Esse é produzido pela Vigne dei Maestri e é importado pela Winelands no Brasil.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>