Châteauneuf-du-Pape Cuvée de l Hospice 2011

rhone_header

Fazia tempo que eu não bebia um vinho de Chateauneuf-du-Pape. Esses vinhos, tão especiais (e infelizmente um pouco caros pra gente), são muito interessantes pela sua história e claro, pela qualidade.

chateauneuf_lospicesSe você ainda não conhece nenhum Chateauneuf, vale a pena pesquisar e ver qual encaixa no seu bolso e provar. Esse que eu provei foi o Châteauneuf-du-Pape Cuvée de l’Hospice 2011, que é importado pela World Wine no Brasil e é feito com as uvas Grenache, Cinsault, Mourvedre, Syrah e Counoise. Nem são tantas uvas, se pensar que um vinho de lá pode ter até 13 uvas em sua composição, incluindo uvas brancas.

Esses vinhos são feitos para durar. A maioria deles pode ser guardada por décadas, então esse 2011 obviamente está bem novo. Mas sinceramente, estava do jeito que eu gosto. Excelente acidez e aromas de frutas naquele esquema de geléia foi o que me chamou a atenção nesse vinho.

Para acompanhar uma boa massa à bolognesa ou simplesmente uma massa de tomates, ele é excelente. Se você gosta de pratos mais elaborados, pode pensar em uma codorna recheada, por exemplo. Se ela for feita com algumas boas especiarias, vai dar certo.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

3 Comentários

  1. 1

    Daniel, tudo bom?

    Tive a felicidade de comprar 3 garrafas desse Châteauneuf-du-Pape Cuvée de l’Hospice 2011 com 50% de desconto numa oferta da World Wine este ano.
    Mas, o que me faz escrever aqui é a minha curiosidade sobre a origem deste vinho, pois não encontrei informações oficiais do L´Hospice no site da OGIER.
    Você saberia dizer algo mais sobre este vinho? ele é realmente um vinho da OGIER?
    Grande abraço e parabéns pelo que você vem fazendo neste mundo dos vinhos!

  2. 2

    Alysson

    Também gostei bastante. Não sei te dizer, mas vou pesquisar com o pessoal da World Wine e quando conseguir uma info, te mando, pode ser?
    Um abraço

  3. 3

    O, mestre, claro que sim!
    Agora vou tentar achar um post seu antigo, sobre o Veramonte Primus…
    Grande abraço

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>