Casas del Toqui Cabernet Sauvignon Reserva 2009

Depois de ficar de fora da seleção do mês de Janeiro da Sociedade da Mesa, eu recebi agora os vinhos da Seleção de Fevereiro. Vieram duas garrafas do Casas Del Toqui Cabernet Sauvignon Reserva 2009 e duas garrafas do Casas Del Toqui Pinot Noir Reserva 2009.

Gosto mais desse formato, com duas garrafas de cada vinho. Assim eu posso provar mais rótulos e se gostar, compro mais.

E esse foi o primeiro a ser provado (apesar de eu estar mais curioso com o Pinot Noir), e foi o acompanhante do churrasco do final de semana. No cardápio estavam carnes “normais” como picanha, fraldinha, etc, e também umas costelas suínas ao molho barbecue.

O Casas Del Toqui Cabernet Sauvignon Reserva 2009 me pareceu um bom vinho dentro da sua faixa de preço. Produzido 100% com uma só uva, o vinho é proveniente do Valle de Cachapoal, no Chile. Lá se produzem bons vinhos com essa casta.

Com uma coloração rubi intensa, mostrou-se bastante pronto para o consumo. Seus aromas tenderam às frutas vermelhas e negras, com leve toque de madeira no final, acompanhado de alguns defumados. Ah, os aromas tradicionais de pimentão (típico da casta) e de fruta vermelha doce, como goiaba (típico do Chile) apareceram também, mas bem discretamente.

Em boca apresentou-se com um bom corpo, mas eu senti falta de um pouco mais de acidez. De qualquer forma, o seu final é correto, sem amargor e com média persistência.

Harmonizou até bem com algumas carnes. Algumas passaram por cima dele e outras não deram nada certo, mas sinceramente eu nunca consegui um vinho que harmonizasse completamente com todas as carnes de um churrasco. Com certeza isso não pode ser um padrão de qualidade e é usado somente para efeito de comparação.

Comercializado a 38 reais, o vinho me pareceu bem justo para o preço. Se você quiser comprar esse, terá que se associar à Sociedade da Mesa.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

2 Comentários

  1. 1

    Eu também gostei do Cabernet Sauvignon, embora não consiga distinguir tantos detalhes sobre as notas de frutas negras ou doces. Só sei que achei bem agradável tanto pelos aromas quanto pelo paladar. Já não posso dizer o mesmo do Pinot Noir que me pareceu um vinho de qualidade inferior para o preço.

  2. 2

    Rosangela
    Obrigado pela colaboração. Por que exatamente você não gostou do Pinot Noir, você conseguiria definir? Será que você esperava um vinho mais leve?
    É uma questão interessante.
    Abraços
    Daniel

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>