Caliterra Edición Limitada Cabernet Franc – Petit Verdot. Duas uvas que eu adoro, juntas para um vinho muito legal

Mesmo sem grandes bases estatísticas, vou me arriscar a dizer que a Cabernet Franc é a uva que mais tem fãs e que menos prestigia o seu público! Conheço um monte de gente (como eu) que adora os vinhos feitos com Cabernet Franc, mas que sempre reclamam (como eu, novamente) de não encontrar muitos no mercado.

Com a Petit Verdot passa a mesma coisa, mas em menor escala. E eu continuo arriscando dizendo que quem não conhece e provar, a chance de gostar é muito grande. São uvas fantásticas, que fazem vinhos maravilhosos.

E a Caliterra, uma grande vinícola do Chile, resolveu apostar na união dessas duas uvas para fazer um vinho no mínimo diferente. Foi a primeira vez que bebi um vinho com esse corte e fiquei encantado. Esse tem 60% de Cabernet Franc, 30% de Petit Verdot, 6% de Carmenere e 4% de Syrah, mas as duas uvas principais ganham disparado em aromas e sabores.

O vinho tem aquele aroma de frutas vermelhas sim, mas uma característica muito marcante e interessante é que ele tem muitos toques de pimentas, principalmente a negra. Na boca sente-se um chocolate e um tabaco impressionantes, que deixam uma marca impossível de não ser percebida. É fácil de beber e chama sempre para o próximo gole, porque você fica com aquela vontade de sentir de novo os aromas e sabores.

Provei esse vinho junto com outros do produtor, inclusive o ícone da vinícola, com um cordeiro com polenta e esse foi o que melhor harmonizou.

Os vinhos da Caliterra são importados pela Decanter e esse custa em torno de 140 reais. Não é barato, mas vale!

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>