Bodega Castillo Viejo #Uruguai2017

castilloviejo_Header

Em Outubro/2017 eu visitei novamente a bodega Castillo Viejo e pude relembrar os vinhos produzidos por eles. Na minha visita anterior, tive um excelente almoço por lá, dentro da adega, num clima super bacana. Desta vez foi “menos romântico”, mas não menos interessante, pois provei inclusive outros vinhos. Essa vinícola, que está na 4a geração, me parece daquelas que “ouve o consumidor”, pois seus vinhos são muito interessantes, expressivos, bem “redondos”, para agradar quem gosta de vinhos de uma forma geral. Os seus vinhos tops são realmente tops, com ótima qualidade. Aqui no Brasil eles são importados pela La Pastina e você pode encontrar os vinhos em supermercados e lojas especializadas. Se quer uma dica de bons vinhos uruguaios com preços acessíveis, siga com esses abaixo.

Espumante Hasparren 2016
Feito com Chardonnay, Viognier e Pinot Noir. O aroma de levedura vem ao nariz mesmo de longe. Fazem uma primeira poda para tirar metade dos cachos para fazer o espumante. O restante fica para fazer o vinho reserva de Família.
Bem leve e fresco, sem amargor. Tem uma etiqueta térmica que mostra quando está pronto para ser bebido.
CataMayor Sauvignon Blanc 2017
Leve no nariz e na boca também. Acidez bem controlada. É um vinho que não precisa estar muito frio para ser apreciado. Estilo mais elegante.
CataMayor Pinot Noir 2015 Reserva de la Familia
Clarinho, com bons aromas e boa fruta na boca. Fácil de beber e sem grandes pretensões. Se encontrar, compre e beba ele sozinho, sem acompanhamentos. Já vai ser bom.
CataMayor Tannat Reserva 2015
Tannat com muita fruta. Na boca é bem fácil. Gastronômico e me parece ser um bom vinho para se beber num churrasco num dia quente.
Vieja Parcela Cabernet Franc 2013
A característica mais vegetal da varietal aparece aqui levemente. Nada que incomode. Boa fruta no nariz e na boca.
CataMayor Gran Tannat 2013
Potente, encorpado, bem estruturado e com bons taninos. Um bom Tannat pra tirar a ideia de que Tannat com muita madeira é tudo igual.
El-PreciadoCataMayor Single Barrel No 7 2011
Tannat intenso, com muita personalidade. Bastante exclusivo. Merece um bom decanter é uma boa comida.
El Preciado 2004
Tannat, Cabernet Sauvignon, Merlot, Tempranillo, Cabernet Franc.
Aromas já bem mais evoluídos, animal, defumado. Um vinho obviamente mais evoluído mas que se mantém inteiro. O top da Vinícola.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>