Boas Vinhas DOC 2009 – Dão de qualidade

Esse foi um dos vinhos que participou do primeiro programa Desafio ao Vinho (Veja como foi o primeiro programa aqui) e a idéia era harmonizar vinho e bacalhau. Eram dois pratos: risoto e lombo de bacalhau.

Como o tema é sempre polêmico, resolvi colocar 2 vinhos brancos e 2 vinhos tintos. Nesse dia, com esses pratos, os vinhos brancos ganharam, mas como falamos no programa, é importante pensarmos que harmonização é algo muito subjetivo e depende também muito da forma e dos ingredientes do prato. Talvez um outro lombo de bacalhau preparado de uma outra forma ou até com algum outro acompanhamento, vá melhor.

Mas estou falando tudo isso porque o Boas Vinhas é um ótimo vinho. Aliás, tão bom que acabou o programa e quando provamos de novo os vinhos sem a comida, todo mundo ficou encantado com esse.

Se você gosta de vinhos portugueses, vale a pena provar o Boas Vinhas DOC Tinto (tem o branco também e os dois são importados pela Ravin).

É daqueles vinhos que tem um bom corpo, boa estrutura, mas não são pesadões, sabe? E eu tenho que confessar que prefiro esses que são mais “elegantes”.

Tem bastante fruta no nariz e até um toque leve de chocolate, que achei interessante, pois pelo que vi, não passa por barrica. Deve ser simplesmente do terroir e das uvas.

Acho que o Boas Vinhas, além dessas características, tem algo que me chamou a atenção: é um bom coringa. Por 43 reais você compra um belo vinho português, que pode ser consumido como vinho do dia-a-dia (e com certeza seu dia ficará melhor) mas também pode ser colocado com uma comida, que pelo que vi, ele até aguenta algo mais potente, talvez até bem temperado com pimentas e especiarias.

Pretendo provar em breve o Boas Vinhas Branco, pois fiquei curioso.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>