Boa notícia! Os vinhos da África do Sul invadiram o Brasil

wosa_header

No começo de julho deste ano a Wines of South Africa (ou simplesmente WOSA) organizou um evento no Brasil que até onde sei, é inédito. Trouxe diversos produtores de vinho daquele país para se reunirem e apresentarem seus vinhos para nós brasileiros.

Além de muito bem organizado, o evento contou principalmente com vinhos muito bons, que realmente me surpreenderam pela sua qualidade e também pelas variedades cultivadas por lá. Para quem pensa que na África do Sul só tem Pinotage, está muito enganado. Eles plantam (e bem) uvas como Sauvignon Blanc, Chenin Blanc, Chardonnay, Pinot Noir.

O país é muito rico em regiões propícias ao plantio de uvas, como é possível ver no mapa abaixo. Aliás, outro dia uma amiga minha pediu uma indicação de vinícola para visitar na África do Sul e a primeira pergunta que fiz para ela foi: Onde, na África do Sul, você vai? – Porque tem tanto lugar para visitar, que não dá para generalizar.

Mapa Vinicola África do Sul - Crédito Wines of South África

E tenho que admitir que esse discurso eu venho ouvindo do pessoal da Qual Vinho?, uma importadora especializada nos vinhos daquele país já há algum tempo, mas eu não tinha tido a oportunidade de visualizar tanto vinho bom junto, para poder realmente acreditar.

Nessa feira eu provei os espumantes da Ayama e gostei muito do Blanc de Blancs. A Ken Forrester levou um Chenin Blanc Old Vines que me agradou muito também, além do Sauvignon Blanc deles. Da Morgenster eu gostei de praticamente todos os vinhos e ainda por fim pude provar alguns legais da Nederburg, que foi a vinícola que fez o vinho da Copa passada. Eles levaram um Late Harvest que estava bem bacana, além da linha Foundation, que está sendo lançada no Brasil agora.

E nem falei de todos, até porque desses acho que só a Nederburg está no Brasil, mas com certeza saí do evento com a boa impressão sobre os vinhos de lá. Já estou com vários no radar para provar nos próximos meses e quem sabe visitar algumas regiões em breve.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>