Berlin Tasting no Brasil. E os vinhos do Chadwick se deram bem de novo!

berlin_tasting

No dia 4 de Julho eu estive no Hotel Unique para um evento único, daqueles que merecem grande destaque. Liderado pelo renomado enólogo Eduardo Chadwick, presidente da Viña Errázuriz, foi realizado o “The World’s Icons Judgment”, que é a primeira edição da renovada iniciativa de  degustações às cegas de Viña Errázuriz. Este evento tem o mesmo formato do “Berlin Tasting” que já foi realizado  15 vezes nas principais capitais do vinho ao redor do mundo, desde o ano de 2004 até 2012.

A idéia é simples: Eduardo Chadwick colocou seus grandes vinhos – Viñedo Chadwick, Don Maximiano Founder’s Reserve e Seña, ao lado de clássicas safras dos Grands Crus de Bordeaux e Super Toscanos, com o objetivo de comprovar seus potenciais de guarda.

Conduzida pelo próprio Chadwick, o evento contou ainda com 2 mediadores de peso do mercado brasileiro: Jorge Lucki, jornalista e crítico de vinhos do jornal Valor Econômico e Marcelo Copello, diretor de redação da revista Baco Multimídia.

O resultado desta degustação às cegas em São Paulo, elegeu o Chateau Margaux  2001 como o vinho favorito, e a Seña 2007 em 2º lugar, seguido pelo Don Maximiano Founder’s Reserve, safra 2009, no 3° lugar.

Os resultados foram:

1° lugar: Château Margaux 2001, França

2° lugar: Seña 2007, Chile

3° lugar: Don Maximiano Founder’s Reserve 2009, Chile

4° lugar: Château Mouton Rothschild 1995, França

5° lugar: Château Latour 2007, França

6° lugar: Seña 2010, Chile

7° lugar: Viñedo Chadwick 2000, Chile

8° lugar: Don Maximiano Founder’s Reserve 1995, Chile

9° lugar: Don Maximiano Founder’s Reserve 2005, Chile

10° lugar: Sassicaia 2000, Itália

11° lugar: Seña 2000, Chile

12° lugar: Tignanello 2009, Itália

vinedo_Chadwick_200Como dá para perceber, só grandes vinhos na disputa e pegar 2o e 3o lugar não é nada mal. Dos vinhos chilenos eu fiquei mais impressionado com o Viñedo Chadwick 2000, que é um vinho de qualidade impressionante. Esse eu até fiquei na dúvida, durante a degustação às cegas, se era chileno mesmo.

Não só o Eduardo Chadwick, mas também os organizadores estão de parabéns. Excelente palestra, serviço de vinhos impecável e tudo funcionando perfeitamente. Foi uma honra participar dessa degustação, que guardarei para sempre na memória.

Um abraço

Daniel Perches

You Might Also Like

Um comentário

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>