Bellini – coquetel feito com Prosecco com a cara do verão

Bellini canella

Bellini é nome de drink e praticamente sinônimo de alegria, festa e claro, verão. É possível fazer em casa, misturando os ingredientes, mas é possível comprar também uma bebida pronta, feita pela Canella, uma vinícola do Veneto, que é líder mundial nessa bebida. Eles fazem a mistura com Prosecco, pêssegos brancos de produção própria (e que provavelmente só se encontra naquela parte da Itália) e um pouco de framboesa. O resultado é um coquetel extremamente refrescante, leve e saboroso, além de light, pois não tem adição de açúcar, adoçante, nada.

Bellini 750mlConfesso que eu fui conhecer um pouco ressabiado, mas acho que bebi uma garrafa inteira durante o almoço. É realmente bacana e tem a cara do verão. Quem importa essa garrafa é a Expand e custa R$ 85,00. Como tem só 5% de álcool, dá para beber um pouco mais sem se alterar muito (mas vale lembrar que tem álcool e com certeza não devemos dirigir depois de beber).

E aí, que tal quebrar a rotina e beber um Bellini? Ainda não está convencido? Então veja o vídeo abaixo e me diga se não deu vontade.

Um pouco de história

O Bellini foi inventado em 1948 por Giuseppe Cipriani, o chef do Harry’s bar de Veneza aonde ainda é o cocktail mais pedido pelos vips do mundo inteiro. O seu nome foi escolhido pela sua cor rosada que lembra as vestimentas de um santo protagonista de uma famosa obra de Giovanni Bellini, famoso pintor renascentista.

 

Sobre a Vinícola Canella 

A vinícola Canella foi fundada por Luciano Canella em 1948 e desde o início
a inovação foi a característica principal da empresa. Atualmente a empresa é
administrada pelos filhos de Luciano: Alessandra, Lorenzo, Nicoletta e Monica.
Nos anos 80, Canella especializou-se na produção de vinhos espumantes, utilizando
as melhores uvas da região de Piave, assim como Prosecco em Conegliano e Valdobbiadene.
A paixão de Canella pelo Prosecco e o seu amor pelo desafio e pioneirismo
o levou a criar coqueteis de vinho com frutas, como o Bellini que tornou-se um sucesso
internacional em mais de 37 países.

Produção

Luciano Canella, nos anos 80, atento às tendências de mercado e no desejo do consumidor
de bebidas mais saudáveis com baixas calorias e álcool, teve a ideia de produzir
um coquetel a base de prosecco com frutas frescas de ótima qualidade.
O drink escolhido foi o Bellini, coquetel de Veneza conhecido internacionalmente. Em 1988
depois de muitos estudos e pesquisa foi possível engarrafar e conservar esta bebida especial
sem a adição de nenhum conservante.
A vinícola possui uma produção de pêssego branco própria na melhor área da
Emilia Romagna para garantir que apenas pêssegos maduros façam parte de seu Bellini.

You Might Also Like

6 Comentários

  1. 1

    Oi,Daniel,
    Sabe que eu também vejo esse Bellini da Canella muito ressabiada. Rs. Eu sempre passo pela garrafa no supermercado, mas não me convence de jeito nenhum. Taí, vou experimentar. Depois te conto! Hehe… a vinícola é aqui pertinho de casa. Mas que pena que a bebida chega aí tão cara. Se eu te contar quanto custa por aqui…hehe
    Abraço

  2. 2
  3. 3

    Olha, eu curti,viu? Vi que o pessoal esteve aí para promover o Bellini e tenho certeza que a bebida vai fazer maior sucesso por aí. Os italianos são meio puritanos e têm um pouco de preconceito com essas bebidas misturadas. Mas eu achei bem gostoso. A bebida mulherzinha, ideal pra gente sentar com as amigas, bater um papo e se divertir. Grazie pela dica. Abraço

  4. 4
  5. 5

    É delicioso!
    Eu comprei uma garrafa miniatura pra experimentar. É um delírio.
    Quero agora experimentar o Rossini q é de morango.

  6. 6

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>