Bardega coloca lado a lado três grandes italianos, os AIAs – essa vale a pena conhecer

Bardega---fotos-de-Ambiente---fotos-Daniel-Pera-Photo5

Se você curte bons vinhos italianos, tem que ver essa notícia: a partir da próxima semana, três grandes rótulos italianos, chamados “aias”, estarão lado a lado nas enomatics do Bardega para degustação. Assim teremos a chance de provar – e comparar – o Sassicaia, Ornellaia e Solaia, das safras 2010, 2006 e 2009, respectivamente. Os vinhos devem ficar disponíveis até o final de setembro/2014 (ou enquanto durarem os estoques).

Além do nome, da fama e da alta qualidade, os três vinhos tem em comum a sua história. Inicialmente relegados a um lugar menos nobre no mundo dos vinhos, a classe dos chamados “vinhos de távola” ou vinhos de mesa, os “aias” apresentavam qualidade acima da média e não demorou muito para que críticos os alçassem ao sucesso. “Hoje, estes vinhos são aclamados com altas pontuações e destaque grande em degustações a cegas. Muitos afirmam que os três vinhos são os mais elegantes exemplares da Itália”, diz o sommelier Aldo Assada, do Bardega.

O sucesso dos rótulos se deve às suas complexas características. Muito bem avaliado por Robert Parker, que deu 96 pontos, e Wine Spectator, 94, o Sassicaia 2010 é um vinho bastante elegante, defumado, com bouquet com notas de frutas vermelhas e especiarias. No paladar, é suculento, aveludado e com final marcante, garantido pela terroir da região – o nome Sassicaia vem da constituição do terreno pedregoso ou “sassoso”, daí Sassicaia ou lugar pedregoso. Sua composição conta com 5% cabernet sauvignon e 15% cabernet

Maior winebar do Brasil, o Bardega agora dá início uma ação inédita: a partir da próxima semana, três grandes rótulos italianos, chamados “aias”, estarão lado a lado nas enomatics para degustação. Assim, o público terá a chance de provar – e comparar – o Sassicaia, Ornellaia e Solaia, das safras 2010, 2006 e 2009, respectivamente. Os vinhos devem ficar disponíveis até o final de setembro (ou enquanto durarem os estoques).

Além do nome, da fama e da alta qualidade, os três vinhos tem em comum a sua história. Inicialmente relegados a um lugar menos nobre no mundo dos vinhos, a classe dos chamados “vinhos de távola” ou vinhos de mesa, os “aias” apresentavam qualidade acima da média e não demorou muito para que críticos os alçassem ao sucesso. “Hoje, estes vinhos são aclamados com altas pontuações e destaque grande em degustações a cegas. Muitos afirmam que os três vinhos são os mais elegantes exemplares da Itália”, diz o sommelier Aldo Assada, do Bardega.

sassicaiaO sucesso dos rótulos se deve às suas complexas características. Muito bem avaliado por Robert Parker, que deu 96 pontos, e Wine Spectator, 94, o Sassicaia 2010 é um vinho bastante elegante, defumado, com bouquet com notas de frutas vermelhas e especiarias. No paladar, é suculento, aveludado e com final marcante, garantido pela terroir da região – o nome Sassicaia vem da constituição do terreno pedregoso ou “sassoso”, daí Sassicaia ou lugar pedregoso. Sua composição conta com 5% cabernet sauvignon e 15% cabernet franc.

ornellaiaA safra 2006 do Ornellaia, recebeu do produtor o apelido de “L’esuberanza”, por sua característica marcante, que faz do rótulo um vinho poderoso, concentrado e intenso. É bastante complexo, rico e com taninos densos, embalados por uma acidez viva. Além disso, é bastante harmonioso, o que resulta em um vinho muito elegante. É composto por 56% de cabernet sauvignon, 27% de merlot, 12% de cabernet franc e 5% de petit verdot, uma uva clássica da região de Bordeaux. A edição 2006 do Ornellaia recebeu 95 pontos pela Wine Spectator e 97 pelo crítico Robert Parker.

solaiaProduzido pela família Antinori, o Solaia 2009, assim como os outros “aias”, é um vinho potente e elegante, dotado de uma cor rubi profunda. A partir dos anos 80, passou a incorporar em sua composição o corte 20% da uva sangiovese (além de 75% cabernet sauvignon e 5% cabernet franc). E é a excelente maturação da sangiovese que garante a esta safra, de 2009, um sabor especial. Na boca, é bastante suave, o resultado de uvas perfeitamente maduras. Também traz aromas e café, chocolate, hortelã e alcaçuz. Tem pontuação de 95 pontos pela Wine Spectator e 97 pelo crítico Robert Parker.

Os três “aias” podem ser degustados em taça nas doses de 30 ml, 60 ml e 120 ml, conforme abaixo:

Sassicaia 2010 DOCG – R$60,00 30ml/ R$ 120,00 60ml/ R$ 225,00 120ml
Ornellaia 2006 – R$ 60,00 30ml/ R$ 120,00 60ml/ R$ 225,00 120ml
Solaia 2009 – R$ 70,00 30ml/ R$ 140,00 60ml/ R$ 250,00 120ml

 

 

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>