Arnaldo B. Gran Reserva 2009

etchart_header

Nem só de Mendoza vive a Argentina. É fato que essa região é a mais conhecida e que quando se pensa em vinho daquele país, Mendoza é o primeiro nome que vem à cabeça, mas há outras regiões muito interessantes, como Salta, onde fica a Bodega Etchart, que faz esse vinho, o Arnaldo B. Gran Reserva.

Eu já estive em Salta e mais precisamente em Cafayate, que é bem onde eles ficam. Além de seco e desértico, o local é bastante alto e não é à toa que no site eles falam sobre “Vinos de Altura”. Lá é bem alto mesmo e um dos lugares de maior altitude onde se planta vinho no mundo. Aliás, chegar lá não é fácil. É preciso desembarcar em Salta e ainda viajar de carro por estradas sinuosas por umas 2 ou 3 horas para chegar em Cafayate, mas vale a pena.

arnaldo_B_2009Salta é famosa pelos seus vinhos feitos com a uva Torrontés (Veja alguns posts sobre essa uva aqui), mas também produz vinhos tintos, que aliás, me agradam bastante. Acho que o malbec de lá não é tão pesadão quanto o de Mendoza e tem um pouco mais de acidez.

E vai Malbec nesse vinho de hoje. É um corte de Malbec, Cabernet Sauvignon e Tannat, que deixou o vinho potente e um pouco “nervoso”. Ele também tem uns aromas que ressaltam o álcool, então o melhor é deixar esse vinho resfriar um pouco e beber a uns 15 graus mais ou menos.

Mas na boca, apesar de também aparecer um pouco o álcool, ele tem uma boa acidez e até um toque mineral interessante. Esse eu bebi com uns petiscos, acompanhando um filme. Como o dia estava frio, deu para ir bebendo o vinho devagar e se esquentando com ele. Foi interessante.

Há também outros vinhos da Etchart, inclusive o Torrontés, que eu preciso provar. Se alguém conhecer, me manda informações.

Um abraço

Daniel Perches

 

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>