Altair 2005 – esse vinho fica melhor cada vez que provo

altair_header

Em 2012 eu estive na Viña Altaïr, que faz os vinhos de mesmo nome e também o Sideral, um “segundo vinho” com toda a cara de primeiro. Nesta visita eu provei várias safras (veja aqui o post) e no final dei aquela passada malandra na loja deles. Obviamente, depois de ter provado vários vinhos, eu poderia decidir com mais propriedade sobre qual levar. E decidi pelo Altaïr 2005, que durante a degustação se mostrou bem interessante e com bom potencial.

Vinho na adega por 2 anos e chegou a vez dele. Eu já estava de olho nele há alguns meses e foi muito bom ter aberto agora, com 9 anos de vida. O vinho estava espetacular. Se eu gostei dele em 2012, agora então está muito melhor.

altair_2005Uma combinação de Cabernet Sauvignon, Syrah e Carmenere fizeram desse vinho um dos mais elegantes do Chile para mim até hoje. Frutas em combinação com a madeira deram aromas de especiarias e pimentos na medida certa. É daqueles vinhos para se beber com uma boa comida e devagar, apreciando cada gole. Foi o que eu fiz e sorte a minha de ter guardado um pequeno gole para mais tarde. Deixei o vinho respirando por umas 4 horas e ele ficou ainda melhor. Não deu para guardar, mas imaginei como ele ficaria depois de umas 8 horas aerando.

Se você tiver paciência (ou outros vinhos para abrir nesse meio tempo), recomendo. Acho que não vai se arrepender.

(e acabei de ver que na Grand Cru ele está em promoção por R$ 368. Não é barato, mas mesmo na vinícola é caro. Vale a pena se tiver a grana).

Um abraço

Daniel Perchew

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>